Adolf Loos

Nacionalidade:

Austria

Ano

1880-1993

Informação

Da mesma geração de Josef Hoffmann e Joseph Maria Olbrich, Adolf Loos adopta uma "fórmula teórica" muitas vezes de natureza paradoxal. Muitas vezes utiliza frases ou epigramas. Loos utiliza como ponto de partia a Obra de Semper, que na realidade não segue.

Para Loos, Arquitectura é composição espacial que é consolidada no Raumplan – planificação do espaço que poderá ser traduzida em planta. Mas, note-se, não desenvolveu esta ideia numa teoria formal. No entanto, a direcção deste pensamento é clara: "A grande revolução em arquitectura é a solução de uma planificação no espaço."
O Raumplan leva Loos a criar níveis de “desperdício” (elementos “desnecessários”) e pés-direitos “livres” em interiores tal como terraços exteriores ocasionais.

Mas, nos projectos de casas nos anos 20 (1920s) os exteriores tendem a rígidas simetria, monumentalidade, «neo-classicismo», que levam ao reconhecimento do seu Raumplan – espaços amplos muito importantes. Aqui surge uma discrepância. Os seus olhos postos no futuro em paraleleo com a sua admiração pela antiguidade clássica.

“Poderemos dizer que o grande Arquitecto do futuro será um classicista – não um homem que se referencia nos que o precedem, mas que vai directamente à antiguidade clássica.”

Escrito Por: Vanessa Almeida

Trabalhos

 
Moler House